Imprensa e Mídia

28/08/2023

Sustentabilidade E Governança

Relatório de Sustentabilidade da Fiagril mostra balanço de 2022 e expectativas para 2023

Expectativa de abertura de oito filiais neste ano

“Com muitas conquistas, mas desafiador”. É com esta frase que o CEO da Fiagril, Henrique Mazzardo descreve o ano de 2022. Todos os números, ações realizadas e, também as previstas para 2023 estão no Relatório de Sustentabilidade, que está sendo lançado nesta segunda-feira (21/08). “Apesar de termos celebrado 35 anos de história, 2022 foi um ano de dificuldade que superamos uma a uma”, destaca Mazzardo. Clique aqui e acesse o relatório.

Mais que números, ações e iniciativas, o relatório traz ainda o planejamento para 2023, dá destaque para o trabalho realizado na área de governança, meio ambiente e gestão de pessoas. Mas também aborda assuntos como estratégias e negócios da empresa e as expectativas para 2023.

Em 2022, a Fiagril ficou em 2º lugar na categoria Produção Agrícola e foi classificada como 72ª no ranking das 500 maiores empresas do agro do prêmio “Melhores do Ano”, da Revista Globo Rural.

Mais que isso, inaugurou seis filiais de insumos e quatro de grãos e faturou R$ 5,7 bilhões. O aumento da receita líquida ficou em 39,6% e o crescimento do lucro líquido atingiu 143,9%. A melhora de liquidez corrente chegou em R$ 239 milhões. Com isso, a empresa alcançou 120% da meta de desempenho financeiro. “Não se faz um ano dentro do ano, 2022 é reflexo do trabalho que construímos ao longo de ciclos”.

“A excelência também se mostrou nas ações focadas em gente. Ao capacitar nossos colaboradores e oferecer oportunidades de crescimento, buscamos fortalecer o sentimento de pertencimento. Queremos que nosso time se aproprie dos negócios e entenda a importância da contribuição de cada colaborador para o desempenho da empresa”, explica Henrique Mazzardo.

Para 2023, a proposta da Fiagril é manter a perspectiva de faturamento e receita alcançados em 2022, apostando no aumento do volume de negócios alcançados por meio do plano de expansão, que prevê oito novas filiais. A empresa pretende ainda inaugurar a usina Fotovoltaíca, em Lucas do Rio Verde, que vai suprir a demanda de energia elétrica das filiais de Mato Grosso, conquistar a certificação para emissão de vendas CBios e concluir a implantação do aplicativo Fiagril Confia.

A proposta é manter o mesmo nível de receita ainda que em um mercado de queda de valores e retração de negócios. Porém, para Mazzardo, 2023 é um ano de correção e de reestabilização dos custos de fertilizantes e químicos, já que as cadeias e os estoques também estão em processo de reorganização.

Há uma previsão de aumento de concorrência por mercados. Em função disso, será necessário rever margens. “Do outro lado, o produtor, em função da baixa das commodities, deve segurar contratos futuros. E, em razão dessas previsões, precisaremos ser realistas e conservadores nas metas”.

Fiagril

Com 35 anos de história, a Fiagril atua em Mato Grosso, Tocantins, Pará e em Rondônia, e é referência na originação de grãos, na distribuição de insumos agrícolas e assistência técnica ao produtor e na produção de biodiesel.

Leia também

Forbes Agro100 2023: O ano das maiores empresas do agronegócio brasileiro

Conheça os destaques do agro da lista Forbes de 2023, um retrato da pujança do setor, mesmo em […]

Leia mais

Anuário Melhores Do Agro

A empresa ficou em 3º lugar na categoria Produção Agrícola, em 7º entre as principais do Centro-Oeste e […]

Leia mais

Confia Fiagril

Produtores rurais agora podem fazer assinatura eletrônica utilizando aplicativo Com o objetivo de colocar informações de qualidade na […]

Leia mais

COMUNICADO

Comunicado Comunicamos que foi registrado um incêndio de pequenas proporções e sem ocorrência de vítimas no Centro de […]

Leia mais