Notícias

05/06/2017

Sustentabilidade

O programa da Fiagril já ajudou a preservar cerca de 20 bilhões de litros de água com a coleta de óleo de cozinha saturado

O projeto teve início em 2009 e desde então busca conscientizar cada vez mais a população para não jogarem fora o óleo de cozinha usado, desta forma, ajuda a preservar o meio ambiente. Em março, deste ano, o programa atingiu a marca de um milhão de litros de óleo de cozinha usados que foram coletados nos quatro municípios onde o programa possui centros de recolhimento: Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Sorriso e Sinop.

Durante estes oito anos do projeto, a Fiagril contou com a parceria da cooperativa Sicredi e já ajudou a preservar cerca de 20 bilhões de litros de água com a coleta de óleo de cozinha saturado.

A coleta de óleo usado é feita em restaurantes, lanchonetes, bares, demais empresas, mas principalmente nas residências. Para participar do programa é necessário que os interessados, armazenem o óleo de cozinha usado em garrafa pet, juntando pelo menos dois litros, e liguem para o Disque-óleo pedindo o recolhimento. Será feito um cadastro para que cada dois litros sejam trocados por um cupom. Quem juntar três cupons vai poder trocar por um frasco de 900 ml de óleo novo ou por produtos de limpeza. O óleo recolhido é enviado para a fábrica de biodiesel da Fiagril em Lucas do Rio Verde e reutilizado para a fabricação do combustível.

Para a diretora de Sustentabilidade da Fiagril, Dionéia Canci, a Fiagril tem a intenção de expandir o programa para mais cidades, incluindo a capital, Cuiabá. “Para nós, o Novo Óleo é um programa que representa bem os pilares da sustentabilidade, pois preserva o meio ambiente, conscientiza a população e ainda contribui com a economia do estado”. Estamos muito felizes, pois atingimos nossa meta de um milhão de litros de óleo coletados antes mesmo da data que foi idealizada no começo do projeto”, frisou.

Sustentabilidade Fiagril

Mas não só de óleo vive o departamento de Sustentabilidade da Fiagril.

A empresa criou vários programas sociais, dentre eles: Voluntários do Bem – são ações espontâneas a partir do diagnóstico de necessidade da comunidade local em que a Fiagril está inserida; Plantando o 7 – é um projeto de educação ambiental que ministra palestras e organiza trabalhos educativos. O projeto abrange crianças e adolescentes, com idades entre zero e dezoito anos e o Jardim Especial – uma parceria da Fiagril com a APAE de Lucas do Rio Verde para que alunos da Escola Especial Renascer possam interagir com a sociedade fazendo a manutenção de duas das principais praças do município: a praça do Pioneiro e Menino Deus.

Além disso, a Fiagril também apoia o esporte. Tanto o time de vôlei de Lucas do Rio Verde, quanto o time de futebol da cidade - Luverdense Esporte Clube (LEC)- recebem o patrocínio da empresa.

Este ano o LEC, foi campeão nacional da Copa Verde.

compartilhar